terça-feira, 2 de agosto de 2011

Amiga adoçante

O mundo em que vivemos
está cada vez mais cheio de gente
mas reconheço a complexidade
em encontrar uma pessoa decente.

Em boa hora dei ouvidos
a alguém que muito me ama
e assim que a conheci
acendeu-se do rastilho a chama.

A partilha de uma fraqueza
nunca é fácil na generalidade,
mas há elos que nos fazem falar
assentes nos princípios da amizade.

Foi cumplicidade tão sentida
que me permitiu resvalar
de um pedestal inexistente
onde me estava a segurar.

O estímulo veio das suas palavras,
de um profissionalismo com vontade
que me convenceu a acreditar
que os resultados viriam de verdade.

Mais aplicada ou incumpridora
nunca de mim desistiu
e partilhei consigo a alegria
assim como o choro que sumiu.

Ainda não atingi o objectivo
mas luto por ele custe o que custar
e a sua presença na minha vida
não me permite desanimar.

Não há agradecimento possível
para quem me faz tão feliz,
mas posso oferecer-lhe este poema
que com amizade e carinho fiz.

Para a "minha" Doutora Vandinha

1 comentário:

  1. ♥♥♥ (estou com o coração apertado de feliz!!)

    ResponderEliminar